16 de janeiro de 2016

Novo Focus RS começa a ser produzido na Alemanha.

  Primeiro, deixa passar despercebido o fato que ficamos quase dois meses sem aparecer, depois, vamos de postagem, vontade de falar um pouco.

ford-focus-rs-2016-4
  Bom dia! Porrada de sites divulgando falando do Focus RS, ele começou a ser fabricado em Saarlouis, onde fica a fabrica da marca na Alemanha. Como sabem, modelo conta com tração integral e motor de 350 cavalos de potencia, verdadeiro monstrinho de pista, que pode se ter na rua. 

ford-focus-rs-2016-1
  O modelo vem com o motor emprestado do Mustang, não um V8 claro, mas o 4 cilindros, 2.3 litros, dito Ecoboost, motor turbo alimentado e com injeção direta de combustível. Esse motor gera ate 350 cavalos de potencia, apenas no Focus, no Mustang ele gera somente 310 cavalos. Agora ja pensou, se colocassem um Powershift nele, claro que não, Ford foi de cambio manual de seis marchas, palmas, um verdadeiro esportivo, 
  Uma das maiores novidades é claro que é a tração integral, que conta com controle dinâmico de vetorização de torque, que tem capacidade de enviar ate 70% de torque para o eixo traseiro e 100% para apenas uma roda, alem do modo de condução que permite derrapagens controladas eletronicamente, chamado de Drift Mode. 

ford-focus-rs-2016-11
  Essa combinação fez com que ele se tornasse o Focus mais rápido já produzido, não e pra menos, ele faz de 0 a 100 Km/h em ate 4,2 segundos. Pode vir Golf GTI, R400 e afins! Perdão VW fans, mas olha esse carro. Provocar esse povo perguntando: O que é um Golf perto de um Focus! Palmas para a tecnologia alemã e tudo mais que eles tem direito, mas, os norte-americanos se deram melhor nessa, vou dar uma de Carblog(site paga pau de VW), falando nele, se não conhece, passa la pra ver o quão fanático por Volks os autores são. Vou seguir a base deles e fazer o mesmo quanto ao Focus e dizer: Quem nasceu pra ser Golf, nunca sera Focus!

  ford-focus-rs-2016-5
  Agora, voce brasileiro, que digamos, teria capacidade de comprar um carro desse, que provavelmente seria oferecido por um preço semelhante ao Golf GTI e sempre em versão de pacote único, continue sonhado, a não ser que você importe de forma independente, não vai ter um, a Ford nem cogitou essa ideia. Claro, mais uma vez, parabéns para as nossas altas cargas tributarias, nossos impostos, onde torna totalmente inviável trazer um carro que vai ser vendido meia duzia por mês, porque o preço não compensa, ao exemplo de Golf GTI que ate vende bem, por favor, aplauda nosso governo, eles merecem. Não esquece também, que você também tem culpa nisso, e não tem nada a ver com o voto da urna eleitoral, digo, pra esse povo que continua pagando o que se pede em um carro, 104 mil num Corolla por exemplo, rindo ate 2017, pra ficar na modinha, la fora seu Corolla Altis e popularzao da massa. 


Estamos de volta, aproveita, colabora, curte nossa pagina no Facebook! 


26 de novembro de 2015

Que triste! O The Rock não cabe na LaFerrari.

  Essa eu ri, rir do sofrimento dos outros é sacanagem pessoal mas vamos entender o lado do ator Dwayne Johnson, ou só The Rock, fãs de Velozes Furiosos sabem do quão esse cara é um monstro, ele curte carros, uma pena não caber dentro deles.

  O ator descobriu que não cabia dentro do esportivo da marca italiana durante as gravações da serie Ballers. Vi alguns sites brasileiros distorcendo a noticia, dizendo que o ator encomendou o carro na rara cor branca, e só depois descobriu que não cabia dentro do carro, mas o ator já brinca com isso a tempos em sua conta no Instagram, porque a LaFerrari não é o único esportivo da marca que ele não cabe dentro, sempre postando fotos com a legenda: "Ainda não consigo entrar" ou "Papai não cabe nela" como foi o caso dessa vez. 
  Ele publicou no seu Instagram a seguinte mensagem: "'Ela foi uma máquina veloz, manteve o motor limpo, a melhor mulher que já vi na vida...'. Potência de 950 cavalos. Menos de 25 feitas no mundo. Vendida por 3 a 5 milhões de dólares. O grande benefício de produzir e estrelar Ballers é que eu posso admirar, tocar e brincar com esta #LaFerrari, que é uma das maiores maravilhas procuradas da engenharia quando se trata de carros no mundo. A desvantagem? O papai não cabe nela"
  Agora vamos falar um pouco do carro, quem não conhece a LaFerrari, o super esportivo de 5 milhões de dólares. O modelo hibrido conta com dois motores com um total de 963 cavalos de potencia, sendo 163 cavalos do motor elétrico e 800 gerados pelo motor a combustão, um 6.2 litros de 12 cilindros em V. Essa "monstra" faz de 0 a 100 em 2,7 segundos.
  Pessoalmente não sou muito fã da marca Ferrari de hoje, prefiro uma F40, mas as linhas da LaFerrari são sim muito bonitas, mas ainda prefiro modelos como F40, Enzo, FXX, F355, Testarossa e por ai vai, mas ainda são Ferrari's né povo, essa LaFerrari é um verdadeiro canhãozinho. 
  Mas o The Rock tem que se contentar com os seus Ford, marca a qual ele tem contrato de publicidade, ele tem uma Edge, F150 Raptor e outras camionetes da marca, na parte de esportivos, ja foi fotografado de rolê em uma Lamborghini Aventador, pelo jeito ele coube nela.   




Mal falados: Volkswagen Polo 1.0 16V

  O titulo é verdadeiro sim, a Volkswagen já faz isso com o Polo mesmo, se você já foi atrapalhado na subida por um Polo, é bem provável que se tratasse de um raro(ainda bem) equipado com um motor 1.0 de 16V de 79 cavalos.

  Ele não é um carro em todo ruim, afinal ainda é um Polo, o prolema é claro que é o baixo desempenho.
  A ideia era baratear o carro para ter uma versão de entrada mais acessível, a tristeza ficava por conta de um desempenho bem deficiente, 17 segundos de choradeira para fazer de 0 a 100 km/h, ao meu ver e creio que de muitos, a culpa não é do motor que é ate potente para um motor 1.0 e sim dos 1.100kg da indumentaria do hatch da Volks.

  Na época do seu lançamento foi apresentado custado R$ 24.900 para a versão sem ar-condicionado, substituindo as versões mais completas o Gol, o valor não era muito distante das versões com motor 1.6 que partia de R$ 29.900.

  Ele foi lançado e a marca meio que dava como garantida o sucesso, os planos era produzir muito mais modelos com motor 1.0 16V do que os equipados com 1.6 e 2.0.
  Mas falhou e não agradou o publico brasileiro e hoje, alguns muitos anos depois, se contar isso para algumas pessoas vão lhe chamar de mentiroso. A tabela do carro não é ruim não, mas quero ver vender um desses, demorado para desapegar ate se cobrar bem abaixo do valor de tabela
  Mesmo assim, como usado, para quem não liga de andar devagar ele é uma boa pedida. A garotada que compra os modelos 1.6 para relaxar e grudar no chão poderia muito bem comprar os 1.0, não vão precisar andar mais do que ele é capaz.

  Agora, terminado. Você conhece algum carro, versão ou motor mal falado, que não seja muito conhecido pelo pessoal da internet, mande aqui sua sugestão ou na nossa pagina do Facebook, link aqui abaixo, aproveite e colabore deixando seu like.




25 de novembro de 2015

Na onda do turbocompressor.

  Essa moda de turbo em qualquer motor vai se espalhar ainda mais, vem por ai, mais um 1.0 turbinado depois do Up TSI, outro 1.0, e para mudar um pouco(só que não), um 1.0 de três cilindros. Confira aqui no Giro Automotivo tudo que você precisa saber.

  Estamos falando do motor 1.0 três cilindros flex que esta nos planos da Hyundai para equipar uma possível versão esportiva do HB20. Esse motor sera turbinado, como já dissemos bastante, e com injeção direta de combustível e deve chegar o mercado para 2016, o motor ainda roda em testes para gerar ate 120 cavalos de potencia, só para comparar o motor original tem capacidade de gerar 80 cavalos abastecido com etanol. 
  Esse motor turbo alimentado foi desenvolvido no centro de pesquisas e desenvolvimento do grupo Hyundai-Kia na Coreia do Sul, o nome dado ao projeto é 1.0 T-GDI Kappa e foi exibido a primeira vez no inicio do ano no Kia Cee'd GT Line, que gera 120 cavalos de potencia a 6000 rpm com 17,5 mkgf de torque entre 1500 e 4100 rpm. 

  Se chegar a gerar 120 cavalos nos modelos Hyundai do Brasil, sera uma boa resposta ao motor do recém lançado Up TSI que gera 105 cavalos de potencia com 16,8 de torque. O que vai ter de gente comparando um com o outro e os dois com todos vai triplicar, atualmente surgem muitos videos com comparações bem fora de proporção, como Up turbo com Golf, Focus, New Fiesta, mas do Up, se tirar o motor não sobra nada, em videos que o Up stock(original) ganha na arrancada mas se for pra botar pra acelerar de verdade fica para trás. Pronto, sem gerar polemica, sorte que o site é pequeno se não já ia ter gente compartilhando o link mandando ofender, pessoal do Car Blog vai lançar em breve uma matéria para dizer que esse motor turbo da Hyundai é um lixo e o TSI é o melhor motor do mundo, aguardem.
  Alem da versão esportiva que esta nos planos da marca, o motor deve equipar a versão sedan, HB20S e o aventureiro HB20X.




Citroen apresentou o novo AirCross.

  Estamos atrasados mas ainda assim temos que falar dele, foi apresentado ontem na fabrica da Citroen em Porto Real, no Rio de Janeiro.
  A Citroen já confirmou que o modelo chega as lojas ainda essa semana, os preço começa em R$ 49,990. Podemos chamar de atualização ou facelift mas não é somente isso, ele também ganhou aperfeiçoamento na engenharia e itens específicos para melhorar o AirCross. 
  A ideia da marca é deixar ele mais competitivo com concorrentes como Ford EcoSport e Renault Duster, em um segmento em que vem melhorando muito e ficando cada vez ais competitivo, eu acredito que a Ford e a Renault também devem ou deveriam se atualizar para não perder um lugar na categoria. 

  A frente ganhou ovos faróis que passam a ser integrados a grade, alem do redesenhado para-choque que ainda conta com um par de conjuntos de Led como luzes diurnas.
  Chama-se de AirCross reestilizado pela mídia, porem a marca garante que foi muito alem disso. Ele ganhou ajuste de suspensão e na transmissão manual e automática, alem da nova direção elétrica progressiva e a opção de motor 1.5 flex de 95 cavalos de potencia, esse motor era disponibilizado apenas no C3 Picasso. Modelo esse que com a chegada do novo AirCross passa a não mais fazer parte do portfólio da marca, e o AirCross passa a oferecer carroceria com ou sem o estepe fixado na tampa traseira, detalhes como esse fazem com que a marca possa oferecer um preço mais acessível no modelo, que tem preço inicial de R$ 49.990 na versão de entrada Start, equipada com o motor 1.5 flex, que comentamos acima e transmissão manual.

  Na parte traseira as mudanças passam despercebidas, a lanterna ganhou mascara negra e as versões equipadas com o estepe fixado na traseira ganharam uma nova capa rígida. 

  
  O interior, alem do acabamento que ganhou matérias de melhor qualidade, também foi completamente redesenhado, em resumo um painel totalmente novo, agora conta com molduras coloridas e saídas e ar e tecidos com formas cubicas. 

  A AirCross, com os dados apresentados e confirmados ate o momento já se garante como o SUV compacto mais acessível da categoria no mercado brasileiro. 
  Confira aqui abaixo a tabela de preços completa de todas as versões do AirCross e as considerações finais do Giro Automotivo, agradeço desde já. 
Versões sem estepe na traseira:
- 1.5 Start, manual: R$ 49.900.
- 1.5 Live, manual: R$ 53.900.
- 1.6 Live, automática: R$ 58.990.
Versões com estepe na traseira:
- 1.6 Feel, manual: R$ 58.890.
- 1.6 Feel, automático: R$ 63.290.
- 1.6 Shine, automático: R$ 69.290.
  Ao pesquisar um pouco na internet, percebi que mesmo com o baixo preço e das novidades do novo modelo, ele vem sendo criticado por muitas pessoas mas todos sabem que nunca se pode agradar a todos então podemos considerar isso normal, li comentários que o interior ficou muito simples para um modelo com o AirCross, gente que diz que infelizmente a marca jogou o modelo muito para o lado do popular. Mas como eu disse a pouco, ao mesmo tempo que isso ocorre, também ha comentários positivos, de pessoas que realmente gostaram do lançamento, então pessoal, não se baseie nas palavras de críticos de plantão porque no Facebook muitos se acham os engenheiros especialistas donos da razão, isso não é especifico do AirCross é de todos os carros. Bom, vamos finalizando e independente de qualquer coisa só resta esperar para saber o resultado das mudanças nas vendas.




Curiosidades automotivas: Chaves de luxo

  Existem tantos carros esportivos em suas diferentes formas e propósitos, mas o que faz os cavalos acordarem é a chave, girando ela na ignição ou não, confira alguns modelos que tem as chaves que combinam com os carros que elas fazem funcionar.

Aston Martin Sapphire Crystal Key Fob
1- Aston Martin: Os modelos da Aston Martin, marca inglesa muito famosa, sobre tudo se você é fã de James Bond. As chaves são feitas de Cristal Baccarat, funciona inserindo no painel em uma especie de um botão de ignição.

2- Koenigsegg CCX: A chave do CCX é toda esculpida em prata no formato do logo da marca, esta chave funciona por aproximação e contem um botão atras para acionamento do alarme.

Full Speed Bugatti's key
3- Bugatti Veyron: O carro mais rápido do mundo ate então, vem com duas chaves, uma canivete que serve para dar a partida e a outra chave que tem um acabamento mais superior, que ativa os 1001 cavalos de potencia no modo Top Speed.

Spyker round key fob
4- Spyker C8: O formato da chave do esportivo é um disco de metal com o nome da marca e o slogan da mesma. No veio vem com os botoes L e R, que possibilita travar ou destravar individualmente a porta direita ou esquerda.

5- Pagani Huayra: A chave do esportivo da marca italiana tem dupla serventia, alem de ligar a maquina. Ainda pode ser usada como pen drive, podendo armazenar musicas ou qualquer outro tipo de arquivo.

6- Tesla Modelo S: Parecido com o Pagani Huayra tem o formato do carro elétrico, ela não traz nenhum botão visível, mas é somente tocar na porta que deseja abrir para que isso aconteça.

7- BMW i8: A chave do i8 conta com uma tela de alta resolução que mostra informações do nível de carga das baterias, o nível do tanque de gasolina e a autonomia do carro com essas quantias.


8- Aston Martin DBS: Esse modelo em especial da marca inglesa, conta com o AMVOX2 DBS Transponder, produzido pela Jaeger LeCoultre que destrava o carro, basta apertar no visor entre os números 8 e 9.

9- Ford: O MyKey é programada através da central Sync, restringe a velocidade a 130 km/h e avisa em 75, 90 e 105 km/h e também limita o volume do radio em 40%.

10- Volkswagen PCP: A chave é de um conceito chamado PCP, projeto carro do povo, contem uma tela sensível ao toque que informa o nível da gasolina, a temperatura do ambiente e ate pressão dos pneus. 




24 de novembro de 2015

Dodge estuda trazer Charger e Challenger ao Brasil.

  Melhor que trazer o Charger e o Challenger é que a versão que pode vir a ser vendida aqui é a Hellcat dos dois modelos, quem conhece sabe muito bem qual versão se trata. Boa noticia para os fãs dos modelos que talvez poderão ver um desses pelas ruas, noticia melhor ainda para quem pode comprar um deles, ou se você é um magnata, talvez comprar os dois logo de uma vez. Eu vou de Charger e vocês? Bom, sonhos a parte, confira o porque e como isso pode se tornar realidade.

  A FCA já anunciou e apresentou no Brasil o retorno da RAM 2500 apos 10 meses ausente por aqui. O objetivo da importadora agora pe trazer a versão mais apimentada, Hellcat, dos modelos Charger e Challenger.
  O plano da FCA é trazer ao Brasil 100 unidades por ano, ou seja, 50 unidades de cada modelo e se espera que as unidades já desembarquem aqui com donos garantidos, vendidos sob encomenda.
  Os modelos se confirmados, já desembarcam aqui em 2016. Agora você pergunta o valor deles aqui no Brasil, bom, nada foi divulgado quanto a isso, mas façam suas contas e tirem suas conclusões precipitadas a respeito de valores.

  Agora quem não entendeu a parte: "versão mais apimentada". Vamos dizer o porque de Hellcat.
  A versão Hellcat desses modelos vem equipado com um motor Hemi V8 6.2 litros com Supercharger e tem capacidade de gerar 707 cavalos de potencia e 89,8 kgfm de torque combinado com uma transmissão automática de 8 marchas. Ah e claro, como bons americanos, sempre com tração traseira, afinal, combina muito bem com "V8tão" 
  Voltando a falar de preços, vocês apostem quanto vai custar uma dessas maquinas, tire por base que nos Estados Unidos, o Charger SRT Hellcat tem seu preço inicial de 68.000 dólares, algo em torno de 255 mil reais. O Challenger SRT Hellcat começa em 65,000 dólares, aproximadamente 250 mil reais, acrescente nosso nada baratos impostos, tributos e tantas outras taxas e vamos ter um preço nada suave e pouco competitivo.
  Mas quem determina se vale a pena comprar um, não somos nos, e sim quem tiver coragem de pagar a conta. Vamos esperar para ver como isso vai terminar, de uma ou de outra forma, acho bacana no geral que carros como esses comecem a ser cogitados ou que realmente cheguem ao Brasil, bem como a RAM 2500, abre portas para os concorrente também pensarem em trazer seus modelos para o Brasil. 




16 de novembro de 2015

RAM 2500 vai voltar ao mercado brasileiro. Saiba mais.

  A grandalhona esta voltando pessoal, parece que estar maior mas é só impressão mesmo, mas esta mais equipada e aperfeiçoada. Gosto da Ram, mas quando vi a noticia nem pensei nisso na verdade, afinal, não tenho dinheiro para tanto, mas fui mais longe e lembrei que se ela ficar com um preço competitivo, a Ford poderia quem sabe trazer a linha pesada das camionetes ou pelo menos uma F-150 Raptor, e a Chevrolet quem sabe a Silverado, mas acho que é querer demais.
  Continue lendo e fiquem sabendo tudo sobre o retorno da RAM 2500 ao Brasil,

ram_2500_laramie
  Não ha nenhuma igual a ela aqui no Brasil, nessa categoria, ai entra aquilo que comentei na introdução desse post, se ela agradar e isso resultar em vendas, os fãs de picapes de grade porte assim como eu, devem desejar que outras marcas também invistam nessa categoria, pessoalmente falando, a linha pesada da Ford eu gostaria muito, nem que fosse só para ver nas ruas. Mas fora isso, vamos falar de RAM 2500.
  Estava fora do mercado a 10 meses, ela retornou ao catalogo da FCA importada do México, seu preço aumentou, ficou R$ 65,000 mil mais cara, e agora o preço sugerido para a versão unica a ser importada é de R$ 249,900 

ram_2500_heavy_duty_laramie_
  O modelo sera importada em versão unica, a Laramie, não e a mesma de 10 meses atras, a frente foi renovada e ganhou grade nova, sim, ela é diferente, pode comparar, e as lanternas traseiras ganharam moldura cromada. Essa versão unica que vai vir para o Brasil, é a primeira a vir com a Ram Box, representado nessa ultima foto, trata-se de um compartimento que você pode fazer o que imaginar com ele, se pesquisar pela internet não é difícil encontrar alguém tenha feito o compartimento de frigobar e encheu de gelo e colocou as cervejas, se eu comprar uma, já sei com usar esse compartimento, talvez precise dos dois. O motor da versão pé um 6.7 Cummins Turbo Diesel com 330 cavalos de potencia e 104 kgfm de torque, combinados a uma transmissão automática de 6 velocidades, não sei se precisa mencionar mas a tração é 4x4. Com capacidade de transportar 1 tonelada na pick-up ou 8 toneladas no reboque. 



15 de novembro de 2015

Atençao donos de Jetta e Fusca TSI.

  Bora falar de recall, se países de primeiro mundo não estão livre desses recall, quem dirá nós brasileiros, hoje o recado é para você proprietário de Jetta e Fusca com motores TSI, o problema são os freios dos modelos. Se seu carro estiver entre a relação de chassis, compareça a uma concessionaria para participar do recall e nao ficar no prejuízo. 
   Foram afetadas por esse problema os modelos Jetta TSI e Fusca TSI produzidas entre Novembro de 2014 a Setembro de 2015, em um total de 2.414 unidades. No comunicado a marca citou: "foi constatado a possibilidade de quebra de uma das extremidades do eixo comando de válvulas do motor, o qual também aciona a bomba de vácuo do sistema auxiliar de freio. Neste caso, haverá perda da geração de vácuo, com consequente aumento do espaço de frenagem. Nessa situação, a luz de advertência do motor acenderá no painel de instrumentos". Os donos de modelos incluídos na convocação deverão comparecer a concessionaria como ja dito, para solucionar o problema, confira aqui abaixo as terminações dos chassis de cada modelo convocado. 

-Jetta Highline 2.0 TSI - FM016817 até GM012303
-Fusca - FM633860 até GM608153

  Para mais informações, entre em contato com a central de atendimento da Volkswagen do Brasil pelo numero: 0800 019 5775 ou pelo site vwbrasil.com.br.




29 de outubro de 2015

Novo Ford GT. Chega em 2016.

  Boa tarde a todos, muitos sabem que o Ford GT esta de volta, já estamos falando nesse carro no blog desde a semana passada. Vale a pena conferir e conhecer esse novo esportivo, a altura dos concorrentes, merecedor do nome e com muito mérito. Acompanhe aqui no GA.

  A ultima vez que um GT saiu das linhas de produção foi em 2006, modelo esse que nasceu em 2005, em comemoração ao centenário da marca. O novo modelo que já é confirmado para o ano que vem, vai servir de vitrine para a Ford que reuniu nesse carro uma serie de inovações tecnológicas da marca, itens que devem incorporar outros modelos da marca futuramente, aplausos para a tecnologia dos motores Ecoboost com injeção direta e turbo alimentados.

  Ele é Ford GT, mas sem perder a identidade de do primogênito GT40, um carro feito para ganhar títulos na pista, que não é diferente do novo GT.

  O novo GT ganhou um desenho esportivo com um toque de modernidade, mas sem deixar de dar privilegio para o desempenho e eficiência, por isso o caro ganhou linhas aerodinâmicas e uma carroceria extremamente leve. Isso ocorre devido os matérias utilizados para sua construção, a carroceria é quase que totalmente feita de alumínio e fibra de carbono e é assim que a famosa relação peso/potencia vira uma combinação de sucesso no GT 2016.

  Já comentamos sobre o peso, mas para a mistura ficar boa é necessário o item potencia, não menos importante, o novo Ford sera equipado com o motor Ecoboost mais potente já produzido pela Ford, trata-se de um 3.5 V6 turbinado, capaz de produzir ate 600 cavalos de potencia, nada parecido com o V8 5.4 litros do antigo GT de 2005, esse novo conjunto sera combinado com a tração traseira, para não perder a essência, aliados a uma transmissão de dupla embreagem com 7 marchas.

  Voltando a falar de design do carro, sobre o que comentamos la no inicio, que o GT esta a altura de seus concorrentes, isso porque com suas linhas e formatos, fazem com que o carro não faça feio frente aos famosos esportivos italianos. Mas a dianteira é onde mais o carro se parece com o antigo modelo, alem é claro do estilo das lanternas.

    Como já foi dito, pouco se sabe sobre o GT, o jeito é esperar seu lançamento que deve acontecer nas primeiros meses de 2016. O modelo devera ter seus preços começando em US$ 400 mil com planos de fabricar ate 250 unidades de so esportivo norte-americano por ano.